• Revista Vega

Sebrae anuncia fim da parceria com o Espaço Moda Franca


Mudanças na forma de aprovação e destinação de subsídios do Sebrae-SP para feiras, pôs fim à parceria da entidade com o Sindifranca e a Prefeitura de Franca para a realização do Espaço Moda Franca - o estande coletivo de micro e pequenas empresas do município nas principais feiras do setor realizadas em São Paulo (Francal e Couromoda). No começo de 2016, a parceria completou oito anos de sucesso.

O anúncio das alterações e novas exigências impostas pelo Sebrae-SP ocorreu no último dia 26 de setembro e 11 das 24 empresas que irão compor o estande na próxima Couromoda – que será realizada no dia 15/01/2017 – foram prejudicadas pela medida. Elas já haviam planejado a participação na feira na expectativa de ter o apoio da entidade que chegava a 40% do valor a ser investido. Com toda a documentação reunida e todas as exigências da entidade para a obtenção do subsídio cumpridas, as fábricas disseram ter sido surpreendidas pelo comunicado.

Para remediar a situação e manter a possibilidade de acesso dessas indústrias a novos mercados, o Sindifranca retomou as negociações com a Couromoda (promotora da feira) e com a montadora responsável pela estrutura do estande. Além disso, buscou o apoio da Prefeitura de Franca para estudar novas formas de apoio às empresas participantes. Assim, com as novas negociações e a opção de reduzir um pouco o espaço ocupado por cada expositor, o Espaço Moda Franca conseguiu manter o valor do investimento próximo ao planejado, garantindo a permanência das fábricas diretamente atingidas pela resolução do Sebrae-SP.

O Sindifranca lamentou em nota o fim da parceria que em 2008 transformou o estande coletivo de Franca em um espaço conceito, sinônimo de qualidade e um dos líderes de visitação, sendo considerado "âncora” tanto pela Francal como pela Couromoda.

O sindicato comunicou ainda que já manifestou sua insatisfação, assim como cobrou providências futuras, através de ofício enviado para o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-SP no último dia 5/10. Apesar dessa decisão, o sindicato espera que o Sebrae reveja sua posição frente a situação econômica que o país vive, no sentido de estar junto à indústria na luta para superarmos esse momento de difícil.


11 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 Revista Vega