• Revista Vega

Estande Coletivo do RS supera vendas no primeiro dia de Francal


Na Francal 2017, com a visita de 854 compradores e a comercialização de 41.737 pares de calçados ou artefatos, o Estande Coletivo do RS obteve, já no primeiro dia de evento, 2 de julho, um resultado em negócios no valor de R$ 2.126.061,00, superando o mesmo período de 2016. O Projeto, que este ano reúne 42 micro e pequenas empresas do setor coureiro-calçadista, é realizado em parceria com a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha (ACI-NH/CB/EV), a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/RS). O retorno das empresas de Novo Hamburgo para o Coletivo do RS é uma das novidades nesta edição. O Projeto tem o apoio do município hamburguense e das prefeituras de Campo Bom e Sapiranga. O diretor da ACI também ressalta a importância desse retorno das empresas hamburguenses para o estande, após oito anos. "Isto é resultado de um esforço conjunto. É trabalhando em parceria que a gente cresce, que trazemos resultados para toda a região. Nos orgulha esta ação conjunta, já traduzida em muito retorno no primeiro dia, e nos traz muita esperança de resultados positivos", pontua Kirsch. Além disso, estar alinhado ao espaço do Rio Grande do Sul representa mais força do setor, mais oportunidades de venda. Estamos trabalhando com economia e eficiência, mostrando o potencial do nosso calçado para o Brasil e para o mundo”, ressalta a prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, que visitou todos os expositores locais, conhecendo seus produtos e conversando sobre os benefícios do retorno para o Estande Coletivo do RS.


23 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 Revista Vega