• Revista Vega

Reconhecimento, sustentabilidade e networking: Prêmio Primus apresentou seus vencedores no Jantar An


Festa, networking e uma premiação cheia de encontro dos principais players do mercado. Foi assim que, dia 25/02, no Swan Tower, em Novo Hamburgo, ocorreu a principal premiação do setor coureiro calçadista.

Com recorde de inscrições, o encontro promoveu e reconheceu os destaques do setor nacional em suas soluções criativas, inovadoras e voltadas à sustentabilidade, tornando o Prêmio Primus em uma referência do setor. “Há um ano comentamos sobre a necessidade dos empresários serem os protagonistas do progresso do país. Pretendemos que o Prêmio Primus seja um referencial ao desenvolvimento do país enquanto sustentabilidade”, comentou Milton Killing, presidente da Associação brasileira das Empresas de Componentes para Couros, Calçados e Artefatos.

Aproximar toda a cadeia da indústria as necessidades de alcançar metas de sustentabilidade foi também enfatizada por Patrícia Rizzo, gerente comercial da Braskem que, segundo ela, vem construindo uma parceria com a consagração do Prêmio Primus que apoia o desenvolvimento e evolução do setor calçadista. “Temos o compromisso de inovar, mas com a visão para o meio ambiente e tudo que os cerca”.

Tema buscou uma reflexão no mercado

Para a edição 2019, o tema proposto foi “ATITUDE: A MATÉRIA PRIMA DO FUTURO”, título que foi de encontro com o momento atual e os impactos diretos do consumidor na indústria. Junto a ele uma série de reflexões estimulam as empresas a pensar nos impactos da indústria no mercado e os caminhos do setor: “Ao produzir um componente, quais preocupações estão na sua cabeça? Que escolhas você faz para transformar o futuro? O seu trabalho constrói o amanhã, promove a sustentabilidade ou impacta positivamente a sociedade?” são alguns dos questionamentos feitos pela premiação.´

Mural de tampinhas ecológicas

Seguindo o tema proposto, o artista plástico, Ubiratã Fernandes, do Projeto Tampart, realizou obra feita com tampinhas plásticas reaproveitadas. O painel trouxe as palavras que nortearam a campanha da edição 2019 do Prêmio Primus inter Pares Assintecal/Braskem.

Vencedores

Dividido em seis categorias (quatro delas separadas em micro e pequenas empresas, e médias e grandes empresas) a edição teve recorde de inscrições, chegando a mais de 70 cases participantes. Confira os vencedores:

Para Fernando Lermen, diretor da empresa Camaleoa, vencedor da categoria Tecnologia, o prêmio é muito importante para toda a equipe. “Trabalhamos arduamente com sustentabilidade, e todo o nosso desenvolvimento em tecnologia foi em função de pensamentos para o futuro para a sociedade”.

Já para Gilmar Haag, diretor da Cofrag, “Essa é nossa terceira premiação. Desta vez na categoria Ideias Inovadoras. Uma premiação significativa. Apresentamos o lançamento do EVA verde, onde deixamos de lado o petróleo para utilizar cana de açúcar”.

Confira as categorias e todos os vencedores:

Categoria DESIGN

Empresa: TOP SHOES BRASIL

Case: Cabedal knit dubble-face fully shaped

Empresa: ARCO COMPONENTES

Case: Design aliado à injeção de zamak

Categoria TECNOLOGIA

Empresa: CAMALEOA

Case: Cabedal 3D knit: Menos processos, Mais tecnologia

Empresa: Quimica Carioca

Case: SUPER DEPILANTE E A REDUÇÃO DE GÁS SULFÍDRICO NA INDÚSTRIA DO COURO

Categoria SUSTENTABILIDADE

Empresa: ECOLOGICA LATEX

Case: Laminado vegetal em látex – uma alternativa sustentável para o planeta

Empresa: JCLASS

Case: Fechando o ciclo: reciclagem de calçados pósconsumo para fabricação de novos componentes

Categoria EXPORTAÇÃO

Empresa: POLLIBOX – Ecoadesivos

Case: Persistência e organização: as chaves para o sucesso em exportação

Empresa: MÁQUINAS SAZI

Case: PROJETO INTERNACIONALIZAÇÃO – MÁQUINAS PARA CALÇADOS

Empresa: Michelon Máquinas e Equipamentos

Case: Estratégias para o aumento das exportações.

Categoria IDEIAS INOVADORAS

Empresa: COFRAG INDUSTRIA TEXTIL

Case: SCRAPTECH – TECNOLOGIA PARA RECICLAGEM E PRODUÇÃO DE PALMILHAS SUSTENTÁVEIS

Categoria IMPRENSA

Empresa: Bárbara Bengua

Case: Rhodia aposta no mercado da moda com projetos inovadores

Reflexão no mercado

Para a edição 2019, o tema proposto foi “ATITUDE: A MATÉRIA PRIMA DO FUTURO”, título que foi de encontro com o momento atual e os impactos diretos do consumidor na indústria. Junto a ele uma série de reflexões estimularam as empresas a pensar nos impactos da indústria no mercado e os caminhos do setor: “Ao produzir um componente, quais preocupações estão na sua cabeça? Que escolhas você faz para transformar o futuro? O seu trabalho constrói o amanhã, promove a sustentabilidade ou impacta positivamente a sociedade?” são alguns dos questionamentos feitos pela premiação.

O Prêmio Primus Interpares Assintecal/Braskem conta com a realização da Assintecal e Patrocínio Masterda Braskem. Também tem Patrocínio Ouro da Fenac-Fimec, Francal, Conexo, Covestro, Grupo Sinos, Exclusivo/Laçamentos. Patrocínio Prata da Biason Assessoria empresarial, Grupo Troca, Nobletur Viagens, Loft, Triart, Acicam, Sicoob Ecocred e Pro Magno. Patrocínio Bronze da M&C Helmer Valencia, Comunicação Impressa, Fibertex nonwovens e apoio da Abramec.


22 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

© 2020 Revista Vega